sábado, 15 de novembro de 2008

Unidos contra a violência

É impossível aceitar e pior imaginar a maneira em que ocorreu o crime tão hediondo como o que vitimou a menina Rachel. Violentar e matar uma criança, quem foi capaz para uma ato desse, deveria ser punido com mais rigor. Um criminoso assim não poderia continuar vivendo em sociedade, não poderia continuar respirando o mesmo ar que respiramos. Precisamos nos unir, a sociedade precisa se unir, ficar de olhos bem abertos e ouvidos atentos para captar qualquer vestígio de violência seja ela contra crianças, idosos, mulheres, enfim contra qualquer pessoa. A violência tem que ser combatida para que tenhamos uma vida sem medo. Não o medo de lutar pela conquista de sonhos e projetos, mas sim, medo de perder a vida na porta de casa por alguns reais, jovens, que a todo momento tem medo de ser violentada sexualmente na esquina ou no ponto de ônibus, medo de ter sua casa ou escritório arrobandos e perder aquilo que por muitos anos conquistou.
Precisamos denunciar, se você conhece o monstro que fez o que fez com Rachel, denuncie para Polícia. Ele precisa pagar por aquilo que fez. Se coloque no lugar dos pais dessa criança, imagine o sofrimento deles ao assistirem as imagens daquele policial abrindo a mala e vendo Rachel dentro daquela mala. Um dia ouvi um Sargento falando: " se todos por um minuto se colocar nas situações que os meios de comunicação mostram e denunciar teremos um país melhor." Precisamos tomar uma atitude. Se você conhece algum caso de violência, na sua família, na sua rua, no seu bairro, é seu dever, como cidadão, procurar as autoridades e efetuar a denúncia. Com a denúncia, você estará ajudando essa pessoa, ou livrando algum menbro da sua própria família, que amanhã ou depois, por uma infelicidade poderia acabar sendo vítima, e ter muito a lamentar. Não esqueça que a denúncia, entretanto, precisa ser séria, responsável, desprovida de segundas intenções, para que a Justiça possa ser feita sem prejudicar inocentes.

4 comentários:

Cyntia disse...

Mais do que os jornalistas, quem pode denunciar para contribuir para o bem da nação é a própria sociedade, que se cala, na maioria das vezes, por medo. O receio de sofrer algum tipo de represália toma conta das pessoas, porém, cada um deve se colocar no lugar de quem está sofrendo, para assim, pode experimentar um pouco da dor que se sente ao passar por essas situações tão tristes.

Gisele disse...

Essa qustão do medo foi algo que eu já citei em meu blog..
Não é fácil, a sociedade se cala por medo de acabar se prejudicando futuramente..
Nós, como futuros jornalistas, somos o canal para essas denúncias. Não podemos nos calar diante das calamidades que estão aconteendo em nosso país. Inúmeras crianças sendo mortas a cada dia.. Assaltos.. estupros.. mortes..
è inadimissível!
Antes de tudo, devemos nos unir e cobrar dessa merda desse governo um Brasil mais seguro..uma segurança efetiva.. uma Lei rigorosa!

Enquanto um bandido tiver as mordomias que nosso país oferece, a tendência é piorar!

Precisamos nos unir!

Abraaço

Emely disse...

O QUE SE VE NOS DIAS DE HJ, É UM GOVERNO CORRUPTO, UM PAÍS CORRUPTO, COM PESSOAS MAL CARÁCTER, QUE SIMPLISMENTE SE PREVALECEM DO FATO DE FAZER O QUE QUER, SEM SE IMPORTAR SE ISSO É CONTRA LEI OU NÃO. PQ SABEM QUE É FACIL MATAR , ROUBAR, E TANTAS OUTRAS BARBARIDADES, COMO O CASO DAS CRIANÇAS AQUI DE CURITIBA E SAIR TOTALMENTE EM LESO. MUITOS CIDADÃOS VÊEM ESSE TIPO DE CRIME ACONTECER E FICAM CALADOS, MAS PQ? PQ FICAM CALADOS? PQ SABEM QUE DEPOIS DE FALAR, DENUNCIAR, ATÉ FICAR PROVADO E ATÉ ENCONTRAREM UMA PESTE DESSA , É CAPAZ DE SER A PRÓXIMA VÍTIMA....
OU SEJA, A PRÓRIA "JUSTIÇA" PÕE MEDO NA POPULAÇÃO.....

Thaise Graciano disse...

oi jornalista voçê falou o que muitos têm medo,a violencia,a sociedade tem de mudar e parar de esconderse entre panos de sangue de um basta aaaaaa violencia.